Texto: Ciências Humanas


reflexões sobre as relações humanas

fragmento da entrevista realizada pela "Unisul Hoje" sobre o livro

"Os outros que somos" de Ercy Soar

"...O nosso "problema" agora é que "o problema" não esteja tão claramente definido, que para alguns ele exista e para outros não, e que não tenha apenas uma solução, pois, felizmente, não vivemos mais no tempo das verdades absolutas. O conhecimento, como tento deixar claro no livro, é, ao mesmo tempo parte da solução e do problema... Tanto mais conhecimento, menos certezas! Tanto mais informação, mais dúvidas! É um paradoxo do qual não podemos escapar. É uma ilusão "relativamente comum na fantasia dos pacientes de psicoterapia" que a inocência pudesse ser resgatada, que pudéssemos voltar ao Éden, e assim não termos mais a angústia do conhecimento, que é a angústia da dúvida. Se quisermos ser sujeitos de nossa própria história, teremos de nos contentar com as verdades pragmáticas " aquelas que nos servem " e saber buscá-las e validá-las socialmente. A segurança das certezas só existe para aqueles que se contentam com as verdades dos outros, o que sempre significa estar em algum grau submetido ao poder destes..."

um 'outro' modo de versar sobre este tema em >> o outro – mário de sá carneiro & adriana calcanhoto