consultorio psicologia florianopolis terapia casal individual familiar
psicologia clinica florianopolis

Terapia Individual


uma reflexão

Sobre o falso e o verdadeiro!



"Não há verdade na vida. Que se não diga a mentir. F.Pessoa"
Estaria o poeta certo?
Tudo é ou será falso!
Não podemos acreditar em mais ninguém, em mais nada e no limite deste pensamento, nem em nós mesmos?!
Mentir para si, é para os admiradores dos fenômenos humanos umas dos maiores senão o maior problema: "má-fé".
Me entristeço ao pensar nessas possibilidades e mais ainda ao ver olhares jovens perderem o brilho e a esperança. Opacos com as desilusões inerentes a vida, não acreditam mais... como são tristes os ecos da realidade!! Perder a esperança significa, não conseguir mais sonhar, adentar o limbo eterno.
Sobre a falsidade não há muito o que mereça ser dito, contudo, verdadeiro não seria a melhor contraposição a falsidade, penso que "verdadeiridade" expressa melhor a idéia.
Verdadeira-idade, uma idade em que os medos da juventude não nos afetem mais e podemos simplesmente ser verdadeiros. com nossos pensamentos, desejos, idéias. Quantas vezes deixamos de sermos quem somos, como é cruel a lógica desse mundo, que ao nos impelir a uma determinada posição social, nos impede de simplesmente ser. As varias instancias, em Hobbes inspirado por Plauto, "omni lupus omni" (o homem é o lobo dos homens), nos transformamos em lobos para sobreviver, mas qual a extensão de tal transformação? A idéia de sobrevivência poderia conter uma idéia que algum reduto alegre e sonhador esteja ainda vivo. Mesmo que soterrado, sob as mais diversas camadas do perverso estratagema de sobrevivência, o resgate se mostraria possivel. Mas repetindo, qual a extensão? Tudo foi soterrado, nos tornamos lobos? É isso que deixamos a sociedade nos transformar? E assim na micro sociedade relacional, o casal, os amantes e com os entes amados, nada restará?
Em contrapartida se não há mais o que perder, não há mais o que disfarçar, não há mais o que esconder nem dos outros e muito menos de nós mesmos. Neste momento a chave para sermos autenticos, que não precisamos nos alicerçar nos olhares de terceiros é que passamos da pseudo-proteção da falsidade para o relaxamento da verdade.
Sem espaço para medo crescer não há motivo para o falso existir!



psicologia psicologa e psicoterapia
Terapia Individual

título:
O Falso e o Verdadeiro
autor:
url:
modif.:
19 January 2017
resumo:
Idéias sobre a falsidade de algum de nossos pensamentos e devaneios.
ajuda   |   busca no site   |   contato   |   termos de uso   |   imprensa   |   usuários   |   home
Florianópolis - Santa Catarina - Consultório (48)  3025 5699